Etiquetas

quarta-feira, 19 de julho de 2017

TOM OF FINLAND de Dome Karukoski

A História: Touko, um jovem gay finlandês, regressa a casa após ter servido na 2ª Guerra Mundial e depara-se como uma sociedade onde a sua sexualidade não é aceite. Refugia-se então na sua arte de ilustrador e acaba por criar um universo gay muito pessoal que depressa encontra um público fiel que o transforma num ícone da cultura gay, conhecido pelo nome de Tom of Finland.

Os Actores: No papel principal, Pekka Strang cria um personagem muito reservado, pouco emotivo, com quem não é fácil simpatizarmos... uma interpretação muito contida, imagino que o verdadeiro Touko fosse assim. Como o seu grande amor, Lauri Tilkanen é agradável à vista e convence como um rapaz que não quer uma vida às escondidas. Jessica Grabowsky vai bem com a irmã solteirona de Touko.

O Filme: Tom of Finland é, sem dúvida, um dos mais famosos nomes da cultura gay, tendo criado uma obra única que inspirou e ainda inspira muita gente, e um estilo físico que veio para ficar. Esta biografia realizada por Dome Karukoski, acompanha a vida de Touko por várias décadas, mas fá-lo de uma maneira um pouco superficial e acabamos por não perceber exactamente de onde lhe veio a inspiração para a sua famosa obra. Enquanto retrato documental de uma época em que ser-se gay era viver eternamente no “armário”, o filme consegue revoltar-nos por dentro, mas fica-se por aí. O ritmo lento também não ajudou a entusiasmar-me com o filme e, apesar de o ter achado interessante, confesso que fiquei decepcionado. Para quem estiver à espera de cenas de sexo cheias de gajos tipo Tom of Finland, é melhor comprar os livros; mas há gajos bons à solta, principalmente quando Touko visita os Estados Unidos.

Classificação: 4 (de 1 a 10)







video

Sem comentários:

Enviar um comentário